sexta-feira, 2 de julho de 2010

Vinil decorativo na parede

Adesivos decorativos de parede são acessórios de decoração de interiores de grande capacidade para surpreender e para tornar o interior mais engraçado, mais romântico ou...
mais no seu estilo. Deixem-se inspirar pelas fotografias dos interiores com stickers de parede:










































Todos os stickers são da galeria Bimago.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Mar, areia, velas e verão...

Começou o Verão, vamos mais para praia, quem dera ficar lá para sempre!
Eis uns quadros da galeria Bimago que levarão um pouco de areia e água a casa sem manchar o sofá :)



















Todos os quadros são disponíveis na galeria virtual bimago em forma da pintura acrílica em tela ou da impressão digital em tela ou plexiglás.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Estilo colonial: saudade e sentido prático


Estilo colonial tem as suas raizes em séculos XVIII e XIX nas colónias britânicas de todo o mundo (especialmente na Birmânia, na India, na Tailândia, no Laos, na Indonésia em Ásia e em países africanos como a Quénia). É um estilo ecléctico que junta a tradição britânica e desenho europeu com materiais exóticos e ornamentação local.

Os móveis coloniais são funcionais e duráveis. Em geral tem proporções clássicas, sem adornos desnecessários, criados em madeiras exóticas: mogno, palissandro, teca. Em geral, os materiais preferidos deste estilo são naturais.




As cores predominantes dos móveis são escuras (castanho e preto), assim como a cor do chão. As paredes podem ser em cores quentes e fortes (cor-de-laranja, vermelho).

Os acessórios aplicados num interior colonial reflectiam as condições climáticas nas quais estavam usados, por exemplo aplicava-se os mosquiteiros e tecidos orientais encima da cama, os acessórios reflectiam também a tradição local: almofadas, quadros, esculturas, molduras, castiçais e caixas eram em design da zona.

O estilo surgiu da saudade dos colonizadores da sua terra e do sentido práctico de aplicar o que estava disponível e ao seu alcance. Hoje, ao contrário, o estilo colonial nos faz sonhar com os paises distantes.


quarta-feira, 12 de maio de 2010

New York, New York!


Já foram a Nova Iorque? Fotografias da maior das cidades americanas impressas em tela ou na placa de plexiglás podem ser decoração interessante de uma casa moderna ou uma lembrança desta cidade fascinante. Na Bimago encontrarão uma grande escolha das imagens de Manhattan e Ponte de Manhattan, a Estátua de Liberdade, Empire State Buliding e as famosas Torres Gémeas de World Trade Center que já não fazem parte da paisagem desta cidade.

Uma colecção para aqueles que gostam do ambiente da cidade grande, do ritmo de vida vertiginoso da vida urbana.







Novas tendências: quadros impressos em plexiglás


Plexiglás, chamado também vidro acrílico, é uma placa rígida e transparente de superfície lisa. Impressão em plexiglás é uma das técnicas mais innovadoras na decoração de interiores. Aplica-se na produção de tais elementos como letreiros e rótulos, mas serve perfeitamente também como suporte dos quadros.

As fotografias, a arte digital ou os quadros abstractos com elementos geométricos ficam perfeitos quando impressos na superfície brilhante do vidro acrílico. Qualquer que seja a imagem, realizada nesta técnica, o desenho ganha ar moderno, e especialmente no caso dos quadros minimalistas, resalta as qualidades do projecto.




Os quadros impressos em vidro acrílico podem comprar na galeria Bimago. As placas vêm com furos para facilitar a montagem com fixações especiais de metal e do lado de trás da imagem coloca-se um ecrã branco para resaltar as cores (assim como vêem na imagem em cima).





Este é um filme realizado no atelier de impressão da Bimago. Dêem uma olhada e vejam como se faz!

terça-feira, 6 de abril de 2010

Estilo étnico: aventura, mistério e aconchego


Estilo étnico evoca lugares distantes, cria ambientes de aventura e mistério, é perfeito para os aventureiros e pessoas que gostam de descobrir lugares únicos e sabores exóticos.



Este estilo de decoração de interiores junta as cores quentes de Oriente, letras chinesas, elementos de vestuário típico, por exemplo um poncho peruano expostos como peças de arte e ornamentos tribais africanos - tudo numa mistura exótica original. Aplica-se cores fortes (as cores de paredes preferidas são tons de castanho e vermelho) e objetos de linhas simples.



Os materias devem ser naturais, evita-se plástico e favorece madeira (com preferência a madeira escura) rattan, bambus, como acessórios decorativos pode-se usar máscaras tribais, esculturas de buda, instrumentos musicais típicos, leques ou biombos.



Para tornar a casa mais aconchegante colocamos almofadas, tecidos ou toalhas de mesa com padrões orientais e candeeiros coloridos que criam ambiente mais íntimo. Em estilo étnico é permitido juntar todos os elementos que nos fazem lembrar outras culturas, os seus ritos, história ou religião, o efeito é espectacular!


sexta-feira, 12 de março de 2010

Espaço e cores

A vida sem cor seria triste. Além de as cores enfeitarem os espaços de acordo com as tendências actuais, também influenciam o nosso humor e expressam a nossa personalidade, o que significa que são um meio de comunicação importante.

Apetece-lhe deixar-se levar pela imaginação e dar cor ao espaço que lhe rodeia? Neste artigo damos umas dicas de como se pode alterar a maneira como vemos o interior e como influenciar a nossa disposição aplicando cores certas.
Vamos a isso!
 
Como pintar o quarto?

Azul torna o espaço maior e causa a impressão de que o quarto é mais largo.
O vermelho torna o quarto menor e mais curto.


As paredes laterais em cores claras fazem o quarto parecer mais amplo. O chão e o tecto escuros diminuiem a altura do tecto, a perede traseira escura torna o quarto mais curto.
O tecto claro aumenta a altura do quarto, as paredes laterais em cor escura tornam o espaço mais estreito.



O chão e as paredes laterais claras tornam o quarto mais largo, o tecto escuro encurta o quarto e estreita-o.
O quarto que tem paredes com padrões grandes parece menor e o quarto com padrões pequenos parece maior.

As riscas verticais tornam o quarto mais alto.
As riscas horizontais tornam o quarto mais baixo mas também mais amplo.


Se a cor branca do tecto aparece também na faixa superior da parede, o tecto parece mais baixo.


Significado das cores







Branco
Simboliza luz, tranquilidade, harmonia, fé, ideais, bom, pureza, inocência, modéstia, verdade e sabedoria









Vermelho
Cor de amor, coragem, energia, fogo, paixão e emoções








Roxo
Cor mística e mágica: meditação, força, sucesso e arte.








Azul
A cor do céu, harmonia, luz interior, paz, mas também da melancolia








Cor-de-laranja
Optimismo e alegria, cor-de-laranja cria ambiente estimulante, transmite segurança e calor






Verde

A cor verde tranquiliza, permite recuperar as forças. Simboliza tolerância, vida e Primavera.


Como juntar as cores?

Para não se aborrecer com a rotina monocromática, valoriza os elementos escolhidos com a textura diferente, ou use duas tonalidades da mesma cor nas paredes, uma mais clara e outra escura. Os acessórios e complementos em cores diferentes reforçarão o carácter harmonioso do interior. Este tipo de decoração é aconselhável especialmente nos escritórios e quartos de dormir.

Para quebrar a monotonia das paredes, podemos aplicar tonalidades baseadas na mesma cor dominante, por exemplo vermelho com roxo e violeta. Podemos também aplicar um conjunto da cor primária e a cor secundária (por exemplo amarelo e verde).
Jogo de contrastes

Conjuntos de cores contrastantes são perfeitos nos ambientes modernos, em salas e espaços onde não passamos demasiado tempo. O conjunto de cores contrastantes pode irritar mas se é um conjunto bem aplicado cria um ambiente excepcional. Para causar o efeito de contraste juntamos as cores complementares (imagem seguinte) ou branco com cores fortes (branco - preto, branco - vermelho, etc.)

quinta-feira, 4 de março de 2010

Comentários dos nossos clientes


Qual quadro comprou na nossa loja?
Onde o colocou?

Convidamos os nossos clientes para partilharem connosco as ideias para a decoração das suas casas e deixarem os comentários sobre os quadros que compraram na nossa galeria. É o espaço para os vossos comentários!

Se está contente com o nosso quadro, escreva sobre isso.
Use o formulário dos comentários disponível abaixo do artigo.

quarta-feira, 3 de março de 2010

Estilos de decoração de interiores e quadros: ART DÉCO

Iniciamos um ciclo de artigos nos quais pretendemos apresentar os estilos mais populares na decoração de interiores que até hoje influenciam os designers de todo o mundo, podem ser inspiração tanto para aqueles que gostam dos estilos clássicos e puros como para as pessoas que gostam do eclectismo estilístico. Se calhar encontram aqui o seu estilo ou, pelo menos, umas ideias para introduzir um elemento novo em casa.

Para cada um dos estilos do design de inteiores vamos propor a decoração de parede, um quadro que fique bem no determinado estilo.



ART DÉCO

O estilo foi criado nos princípios do século passado, nos anos 20 e 30. Nos espaços Art Déco geometria e funcionalidade tornaram-se mais importantes que requinte e opulência, os elementos decorativos aparecem só como complementos que sublinham a elegância do disenho. O interior torna-se um conjunto das formas geométricas: o mobiliário de formas puras, linhas simples e aerodinâmicas. Cuida-se dos pormenores, todos os detalhes são cuidadosamente elaborados e feitos em materiais finos, como madeiras exóticas, bronze, madrepérola, prata, marfim e peles de animais. São os objetos artesanais refinados, obras de arte elegantes que determinam o carácter do espaço.

Estilo Art Déco é perfeito para os individualistas que gostam do design puro e clássico e no mesmo momento, querem criar um ambiente moderno. É um estilo associado ao ambiente do elegância e luxo: com os complementos escolhidos com cuidado e caros.